Associação Renascer Mulher realiza rodas de debates em escolas públicas.

Rodas itinerantes serão realizadas na região do subúrbio em Salvador

Por Ana Paula Rosário

 

A Associação Renascer Mulher é formada por mulheres negras que estarão realizando no subúrbio de Salvador o projeto Ipenija je girl – Desafio de ser menina. O projeto visa abordar temas relacionados aos direitos das meninas, sobretudo das meninas que vivem na periferia da cidade de Salvador os debates itinerantes em escolas públicas no subúrbio, apoiados pelo Brazilfoudation.

A primeira roda de debate aconteceu no Colégio Estadual Almirante Barroso subúrbio de ferroviário de Salvador, a atividade contou com a mediação de Natureza França, professora de artes e produtora cultural. O debate contou com a presença de meninas e meninos, durante a discussão as meninas compartilharam os desafios de ser menina, onde a maioria trouxe as experiências com o machismo, racismo e violências como o assédio, às meninas construíram coletivamente um poema a parti de suas vivencias.

A próxima atividade irá acontecer em Boa Vista do Lobato, a roda de dialogo contará com muita poesia, musica e conscientização. ‘’ Eu gostaria que outros debates como esse fosse realizado aqui na escola e em outras escolas do subúrbio, pois eu acho muito importante para conscientização desses problemas que enfrentamos todos os dias. Achei importante também à participação dos meninos aqui hoje, e gostei de ver as meninas muito atentas para as violências. É uma atividade que tem que acontecer sempre, pois realmente machismo não cola.’’ Afirmou Sinara Carvalho, 13 anos, estudante.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *